http://www.enotel.com/

sábado, 16 de junho de 2012

Os Viajantes - Destinos apresentados


FLORIANÓPOLIS

a


Gente, Florianópolis é uma ilha cercada por mais de 42 maravilhosas praias. A cidade com melhor qualidade de vida do Brasil. Com o destaque  para a produção de ostras e mexilhões, cultivado nas fazendas existentes na ilha. As épocas são bem divididas de acordo com a procura, agradando todos os públicos,  para badalaçao em janeiro é a pedida e para curtir sossego e tranqüilidade a melhor época será depois da Páscoa, onde a maioria das famílias buscam aproveitar esta temporada. Um lugar para todos os gostos.
Se voce quer curtir a badalaçao, esta no lugar certo, como a maravilhosa praia de Jerere onde, gente, mar calmo, do lado direito da praia é o local onde existes mais hotéis, e do esquerdo um bairro planejado, com mansões que lembram bastante Miami Beach. Epicentro do luxo em Florianópolis, sede dos Beach louge como o Parada 12, El Devido e Café de lá Musique. E restaurantes como o Toca da Garoupa com especialidade em moquecas e camarões. Com toda a estrutura do Jurere Beach Village, a beira mar, excelente para curtir a badalação e agito da praia, alem de estar perto de um shopping a ceu aberto, e ficar a 30 minutos do centro de Floripa e e 45 minutos do Aeroporto Hercílio Luz.
Outro lugar de descontraçao é a Praia Mole, onde, o visual de corpos sarados, jogos à beira mar, sanduíches naturais e açaí se misturam a um mar com ondas fortes, muito procurado por surfistas, é um local ideal para a prática de esportes radicais como parapente, além da excelente estrutura com quiosques e agito.
Terminando o triângulo de badalaçao e agito da ilha a Praia Brava, é outro lugar que vocês podem escolher, com praia boa pra o surf, com quiosques, como o do Pirata, com grandes condomínios estruturados e piscinas à beira mar. O melhor hotel para vocês se hospedaram nesta belíssima praia é o Praia Brava Hotel, que possui um centro de eventos e e salão de convenções, além dos apartamentos que proporcionara o melhor do conforto à seus hospedes, um lugar perfeito para descontração e desfrutar de todas as belezas que a ilha te oferece.
Gente, para vocês que gostam mais da curtição com a familia, a excelente opção é a Praia dos Ingleses que é um ligar mais para a família, muito organizada, com muitos e excelentes hotéis, pode haver a pratica de surf e sandboard. Alem disso contar com toda uma estrutura para você e sua familia é um espetáculo à parte, no Resort Lexus International - Ingleses, que é a beira mar, com estrutura de piscinas térmicas e abertas , salão de jogos  e serviço de praia
.


Gente, visitar Santa Catariana é mais que uma viagem, é pura satisfação!
Depois que vocês se encantarem com as praias de Florianópolis, há uma hora, vocês irão encontrar a região Costa Esmeralda, conhecida como Rota do Sol, onde se localizam as melhores praias de Santa Catarina.
Pelo programa de férias poderão ficar hospedados em Bombinhas, se banhando nas suas piscinas naturais e de águas transparentes, ótimas para um mergulho inesquecível. E bem ao lado encontrarão a praia de Itapema com seu mar de tom verde!  Para uma excelente hospedagem, encontraram na praia de Porto Belo, e seu fantástico Hotel Morro do Sol, que oferece muito conforto e uma gastronomia variada de carnes a frutos do mar. E ainda em Porto Belo farão ecoturismo, como tirolesa, andarão de caiaque, banana boat e para matar a sede, uma parada nos bares flutuantes, acompanhado com um delicioso almoço.
Há 30 minutos fica o Balneário Camboriú, com praias tranquilas e outras mais agitadas, sua noite é bem badalada com ótimas boates. Ficarão bem hospedados no Hotel Royal Atlantic, bem localizado e perto do Parque Unipraias, que é um complexo de lazer com 47 bondinhos interligando 3 estações com vistas tando pra Mata Atlântica como para Orla Marítima. A satisfação será inevitável depois de andar de bondinho e de trenó, chamado Youhoooooo!!!
E quem sabe fazer um passeio em Blumenal, cidade há 1 hora, e curtir o Ortobefest em outubro,  tomando muita cerveja, curtindo as baladas e os carros alegóricos!
Há 10 minutos do Balneário, encontraram a cidade de Itajaí , para praticar esportes radicais como rafiting, canoagem ou até mesmo rapel! E deixar pra a noite fazer ótimas compras,
Gente, e vocês não podem deixar de ir no Beto Carrero World, que só fica a 20 minutos de Itajaí. Quem terá coragem de i na Montanha Russa Star World?
A melhor época de curtir todos esses passeios é a partir de dezembro a março, devido ao verão!
E aí, vamos fazer as malas???

Autor: Maria Luiza e Gillind Costa



ITALIA


 

 
Falar sobre a Italia é falar sobre: as fontes, os monumentos, artes, história, vinhos surpreendentes, sabores, paisagens  inesquecíveis.
Conheça Roma a cidade eterna onde seus visitantes encontram o significado para o jargão Dulce Vita. Conheça de perto os cartões postais da cidade como: O Coliseu, A Fontana Di Trevi, A cidade e o museu do Vaticano, A basílica de São Pedro entre outras atrações.
Mas a Italia não se resume a Roma, Veneza e Firenze(Florencia). Ela esconde em seu território muito mais belezas, histórias e romantismo do que comumente você já ouviu falar. E um de seus exemplos e a região noroeste do país. Um lugar onde uma semana seria pouco.
Apresento a vocês a Comuna de Portofino, situada na província de Genova, um ponto estratégico e muito lindo para conhecer a região. Esta Pequena vila de pescadores de ar bucólico à costa é sem dúvida um local muito acolhedor cheio de vida, boas cantinas, lojas para compras entre outras coisa que ficam lotadas no verão italiano. É um ponto base para bons passeios como:
Em apenas 40 min (35 Km) conhecerem a capital da província; Génova. Importante cidade mercantil ao longo dos anos onde também a traços da cultura Grega em suas edificações. É também conhecida como um ponto muito importante na época da rota das sedas pela qual trouxeram muitas riquezas para a mesma. Há muitas coisa interessantes. Ótimo local para fazerem compras. Passem o dia lá.
No dia seguinte saia de Portofino, caso goste, para conhecer uma bela cidade como Maranello. Onde suas duas horas de viagem serão compensadas com vistas lindas e  pela sua principal atração que é a fabrica da FERRARI. Sim! Lá você vai poder ver, tocar, sentir o cheiro, escutar o rugir dos motores mais furiosos do mundo!
No terceiro dia descubra a magia de Cinque Terre. Aglomerado de vilas litorâneas que se encontram a 70 km ao Sul de Portofino (50 min). Sua entrada será pela cidade Monterosso Al Mare; primeira das cinco vilas e a maior de todas. Descubra e desfrute de seus pontos turísticos e logo em seguida pegue um trem para a segunda vila que dura apenas 4 minutos. Em Vernazza aproveite para almoçar, em uma típica cantina, uma pizza verdadeiramente Italiana ## e prove um Verdadeiro GELATTO de baunilha ## uma verdadeira explosão de sabor, tire boas fotos e continue seu passeio pelas outras vilas costeiras. Entre Manarola, penúltima vila, a  Riomaggiore faça a travessia a pé por um caminho muito romântico que lhe levará à beira de um penhasco arborizado e florido. Perto da Vila pare por alguns minutos na Via Del Amore e aproveite o por do sol com sua esposa. Para voltar a Monterosso são apenas 15 minutos de trem.
Nos dias restantes relaxe em Portofino!!


Quem vai para tão longe como a Italia não vai passar uma semana. Aproveite e passe mais uma semana no Sul na Charmosa Costa Amalfitana. Agora deixo uma dica: Alugue um carro junto a RCI com GPS e faça por si. Por que para chegar lá você aproveita e vai conhecendo: A Cidade de Pisa, pode passar 1 a 2 dias em Florença( 2 hs 200 km) que é uma cidade que respira Arte renascentista pelos quatro cantos, conheça a famosa Ponte Vecchio. Voltando à viagem pare  no caminho para conhecer O Val Dorcio. Região de paisagens hipnotizantes como mostrou o filme Gladiador. Almoce por lá. Continue viagem para Roma que vai durar em média 3 horas e, caso não conheça, visite o que a gente comentou. 3 dias é o suficiente.
Roma para Positano que é um ótimo ponto estratégico para conhecer toda costa amalfitana vai levar em torno de três horas também. Mas lá vai ser sua base em toda semana. É de lá que sai embarcações para você conhecer famosa Ilha de Ana Capri. Passeio que dura o dia inteiro, caso você não queira se hospedar nela por uma semana. Ilha de veraneio dos imperadores romanos, muito refinada, cheia de grifes internacionais e a famosa gruta Azul.
Outras cidades que merecem ser visitadas e que ficam próximas são: Amalfi (que deu origem ao nome), Sorrento, Ravello, Minori, Maiori e Praiano. Maiori é a mais longe e fica a 30 km de Positano.
Independente do local ou do roteiro abuse! Atreva-se aos paladares locais, registre tudo, aventure-se, relaxe e tenha muitos momentos românticos ao lado da pessoa que você ama. Lembre-se; só se vive uma vez. Aproveite ao máximo

Autor: Alan Figueroa


 AUSTRALIA




Sydney - Além de portal de entrada para a maioria das pessoas, a cidade possui lugares muito interessantes de se visitar, com a Opera House, o Darling Harbour com aquários marinhos, shoppings, e museus, e uma visita ao outro lado da baía incluindo ao zoológico e a praia de Mainly. Uma subida na torre no centro é fundamental para se entender a cidade além da vista panorâmica, e uma visita as Blue Mountains irá proporcionar belas vistas do vale. A vida noturna em Sydney é a mais ativa de toda a Austrália.
Tasmânia - Um dos lugares mais bonitos da Austrália, e que de certa forma lembra as paisagens da Nova Zelândia. Bastante provinciana, com cidades pequenas e gostosas. A natureza é o ponto alto, com praias espetaculares apesar da água fria. As montanhas e lagoas são espetaculares por sua beleza e vida selvagem, sendo que as ruinas dos presídios da época em que traziam convictos para a Austrália, estão parcialmente em pé, e são muito interessantes de se visitar
Magnetic island - Em frente de Townsville, com praias de tirar o fôlego sendo a ilha 2/3 Parque Nacional com várias colônias de Koalas para se ver no habitat delas.
Ayers Rocks - No coração da Austrália perto da cidade de Alice Springs. É o maior monolito de pedra no mundo e local sagrado para os Aborígenes. Todo o contexto ao redor é deserto, sendo espetacular de se visitar fazendo tours pelas imediações vendo as cores da rocha mudando ao longo do dia.
Great Ocean Road - à 3 horas de carro de Melbourne que é uma ótima cidade para se conhecer, sendo uma das preferidas dos pilotos de fórmula 1 no circuito mundial por causa da descontração da população, e pela quantidade de vida noturna e restaurantes que a cidade oferece. A Great Ocean Road vai pela beira mar, em cima de falésias, e de cima pode-se apreciar o mar e a erosão causada em monolitos gigantes de pedra dentro d'agua, chamados 12 Apóstolos. (Agora só restam 8, os demais já foram derrubados pelas ondas).

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Farras imperdíveis pelo mundo

Estava navegando quando me deparei com esta materia. Achei bem legal... fiquem informados.




Estamos chegando na época do Carnaval, tempo de muita música e alegria.

Mas, em algum lugar do mundo, alguém já está preparando uma boa festa. As desculpas são as mais diversas, mas o resultado é quase sempre o mesmo: comilança, farra, muito barulho e um pecadinho aqui, outro ali. Vale botar a culpa no aniversário da rainha, no fim do inverno, no dia do santo e até em casamento de um príncipe que viveu duzentos anos atrás.

A conclusão é só uma: não importa religião ou nacionalidade, todo mundo gosta é de diversão.

1. Mardi Gras, Nova Orleans


A Terça-feira Gorda que fecha o Carnaval é a celebração de todos os excessos terrenos, antes de entrar na Quaresma cristã. Música, dança, gulodices, pecados da carne, todos ficam malucos antes de ir para o confessionário e ficarem como anjos até a Páscoa. Sei. O Mardi Gras (Terça Gorda, em francês) mais famoso do planeta é o de Nova Orleans, e é sinônimo de Carnaval na cidade. A festa é famosa por suas paradas, bandinhas de jazz e os coloridos colares que voam pelas cabeças de locais e visitantes.

Onde: Nova Orleans, Louisiana, Estados Unidos. Quando: 18/21 de Fevereiro


2. Carnaval de Veneza, Itália


As máscaras de Veneza ganharam um tom ainda mais sinistro quando foram protagonistas de primeira no longa De Olhos Bem Fechados, de Stanley Kubrick. Utilizadas para que as pessoas mantivessem suas identidades em segredo durante votações públicas e julgamentos, tornaram-se o adereço ideal nas festas carnavalescas. Durante as festividades, os mascarados e suas luxuosas vestes dão um colorido especial à cidade, navegando em gôndolas por entre os canais e lotando a Piazza San Marco.

Onde: Veneza, Itália. Quando: 18/21 de Fevereiro


3. Holi, Índia


O Festival das Cores comemora o fim do inverno para os hindus. No principal dia de comemorações água e pós tingidos em tonalidades vivas são atirados uns nos outros como uma celebração à chegada da primavera. Com a entrada da noite, dezenas de fogueiras são acesas. Apesar de sua pouca importância religiosa, o festival é muito popular em toda a Índia.

Onde: Índia e países com grande população hindu. Quando: 8 de Março


4. Songkran, Tailândia


Se você é daqueles que não gosta de farra, ou água, essa não é para você. O ano novo tailandês é uma verdadeira guerra de bombas d’água, com turistas e locais se divertindo em uma das épocas mais quentes do ano. Ninguém escapa e pode ser um pouco constrangedor fugir de garotos com jatos coloridos. Ou seja, cuidado com a sua câmera. Outra face das celebrações são as orações em templos budistas, um curto momento de calma na bagunça que toma conta do país. A cidade de Chiang Mai tem uma das festas mais movimentadas.

Onde: Tailândia. Quando: 13/15 de Abril


5. Koninginnedag, Dia da Rainha da Holanda


Se for medir o entusiasmo das pessoas celebrando seu aniversário, a Rainha Beatrix, da Holanda, deve ser a monarca mais popular do mundo. Dezenas de milhares de pessoas lotam ruas e parques em todo o país, num mar em laranja, a cor nacional do país. Shows, competições diversas, doidos mergulhando nos canais, feirinhas e muita cerveja contagiam o povo. O clima é tão livre e espontâneo que até os antimonarquistas convictos entram no embalo.

Onde: Holanda. Quando: 30 de Abril.


6. Hakata Gion Yamakasa, Japão


Este festival dura duas semanas, mas nada é comparável ao seu estágio final, uma louca corrida pelas ruas de Fukuoka, no sul do Japão. Exatamente às 4h59 do dia 15 de julho bairros rivais carregarão nos ombros, em pequenos intervalos, um carro ricamente adornado pesando uma tonelada. Vence quem fizer o percurso em menos tempo. A excitação toma conta do público, que grita junta com os competidores e joga baldes de água nos participantes, remetendo às origens da procissão, um ritual de purificação xintoísta. O esforço é tanto que muitos carregadores, todos com as nádegas praticamente de fora, terminam o percurso com as vestimentas encharcadas de sangue.

Onde: Fukuoka, Japão. Quando: 1/15 de Julho


7. Sanfermines


As famosas corridas de touros pelas ruas de Pamplona, em Navarra, começaram quase que espontaneamente, ao conduzirem animais dos currais de Santo Domingo até a Praça de Touros. O Encierro tomou suas formas atuais no século 19 e se tornou popular com a promoção feita pelo escritor americano Ernest Hemigway, um entusiasta. As corridas fazem parte das festas em comemoração a São Firmino.

Onde: Pamplona, Navarra, Espanha. Quando: 7 e 14 de Julho


8. Festival Internacional de Edimburgo, Escócia


Por algumas semanas têm-se a impressão de que Edimburgo é a capital mundial da cultura. Não há como não satisfazer o gosto de quem a visita. Performances de rua, teatro, mostras de cinema, dança clássica, contemporânea e internacional, marionetes e exposições são uma pequena mostra do que encontrar por aqui. Os shows de música podem reunir bandas de gaita de foles, percussionistas japoneses ou tocadores de didgeridoo da Austrália. É diversão na certa.

Onde: Edimburgo, Escócia. Quando: 9/Ago-2/Set

9. La Tomatina, Espanha


Um caos. Dezenas de pessoas atirando tomates umas nas outras como loucas. Se você tiver pinta de gringo com certeza levará a pior, pois será alvo preferencial. O que começou como uma guerra de verduras e legumes numa confusão entre jovens, em 1945, hoje é uma atração turística que reúne pessoas de todo o mundo.

Onde: Buñol, Espanha. Quando: última quarta-feira de Agosto


10. Oktoberfest, Alemanha


A festa de outubro começa em setembro. Uma verdadeira ode à cerveja e à alegria, tudo começou com as comemorações do casamento do príncipe Ludwig e a princesa Teresa da Baviera, em 1810. Carrosséis e montanhas-russas são só o pano de fundo para joelhos de porco, salsichões, chucrute e canecões de cerveja servidos nos barracões armados nos 42 hectares de Theresienwiese, em Munique. A tradição deu origem a festas semelhantes, como a de Blumenau, Santa Catarina.

Onde: Munique, Alemanha. Quando: 22/Set a 7/Out

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Motivação - Vencedores

Assista primeiro o vídeo abaixo; Depois este.


Motivação

Um filme excelente para quem quer se motivar....





Negociar ou Argumentar?

Publicado em por André Cia

Segundo vários autores, estes dois itens, negociação e argumentação, fazem parte dos passos da venda. Mas o que realmente é cada um?

Quando o vendedor negocia, ele dá algo em troca para o cliente, geralmente um desconto, ou um prazo maior de pagamento para que a venda seja fechada. Quanto melhor o negociador, menos ele tem que conceder. Uma boa negociação acontece quando as duas partes se sentem satisfeitas com o que foi acertado. É necessário ao bom negociador conhecer o mínimo e o máximo que pode conceder antes de ir para uma venda, e sempre que conceder algo, o vendedor deve pedir algo em troca. Geralmente a negociação acontece após uma objeção.



Quando o vendedor argumenta, ele coloca em jogo várias características, benefícios ou informações que leva o cliente a não contestar preços ou prazos. A argumentação, para ser eficiente, deve despertar emoções para que o cliente concorde com a compra do produto, serviço ou idéia e fatos para que o cliente justifique sua aprovação, então, antes de argumentar, pense na emoção que você quer que o cliente tenha e dê fatos para que o mesmo justifique sua decisão. A argumentação geralmente está atrelada a explicação do produto, serviço ou idéia e seus benefícios, podemos no entanto, argumentar novamente, antes de negociar caso haja uma objeção, o que não podemos é aceitar passíveis uma objeção.





Argumentar é melhor que negociar, mas esteja preparado para ambos.
Bons Negócios e Muitas Vendas!!

Publicado por: André Cia   

domingo, 8 de janeiro de 2012

As 16 leis de toda pessoa de sucesso, segundo Napoleon Hill

No começo do século XX, um dos empresários mais bem-sucedidos dos Estados Unidos, Andrew Carnegie, decidiu que queria saber quais eram os denominadores comuns entre todos os grandes homens de sucesso da época.
Para isso, contratou um jovem chamado Napoleon Hill e deu a ele a tarefa de estudar – durante 20 anos – sobre as 6 mil pessoas mais ricas e poderosas do mundo e descobrir o que elas tinham em comum. Hill não só as estudou como também entrevistou pessoalmente centenas delas, incluindo nomes como Thomas Edson, Graham Bell, George Eastman, Henry Ford, John Rockfeller, Theodore Roosevelt e Woodrow Wilson.
Depois de apresentado a Andrew Carnegie, o resultado do trabalho foi transformado em um curso, no qual Napoleon Hill definiu 16 leis que todas as pessoas de grande sucesso seguiam, conscientemente ou não. Se você quer modelar alguns desses grandes nomes da humanidade, leia sobre e tente aplicar você mesmo todas essas 16 essenciais regras.

1. Associação com outras pessoas com o mesmo perfil de pensamento

A primeira lei revela que todos os grandes homens tiveram que se associar a outras pessoas para conseguir realizar os seus objetivos. Uma vez que todos compreenderam a interdependência, buscaram principalmente pessoas que seguiam uma mesma linha de pensamento. Assim, todos trabalhavam em rapport com seus sócios.
Napoleon Hill afirmava que a união de duas ou mais mentes gerava um todo que era maior do que a soma das partes, o que ele chamou de Master Mind – ou Mente Mestra. Sozinhos, nenhum deles teria conseguido o sucesso que conseguiu.

2. Objetivo principal definido

Outro ponto que ficou bastante claro durante a pesquisa foi que todas as pessoas que realizam seus sonhos tinham um objetivo principal claramente definido em suas mentes, muitas vezes ricos em detalhes.
Muita gente diz que quer mudar de vida, mas quando são perguntadas o que realmente querem, se atrapalham para dizer. Sabem que não querem continuar do jeito que estão, mas não tem um objetivo claro de onde querem chegar, do que querem realmente mudar.
O objetivo principal na vida deve ser escolhido com um grande cuidado e, depois de escolhido, deverá ser escrito e colocado num lugar onde se possa vê-lo pelo menos uma vez por dia. Isso tem por efeito psicológico impressionar o subconsciente da pessoa de tal maneira que ela aceita esse propósito como um lema, um projeto, uma “planta” que finalmente dominará as suas atividades na vida e a guiará, passo a passo, para a consecução desse objetivo. – Napoleon Hill
Sem ter um objetivo traçado, é muito complicado realizar alguma coisa. Não devemos ser 100% orientados a metas, contudo se não tivermos um lugar para onde ir, será difícil saber como chegar lá.

3. Confiança em si próprio

As pessoas de sucesso entrevistadas demonstravam grande confiança em seu potencial. Se não para resolver o problema, para saber quem chamar para resolver. A autoconfiança é essencial para quem quer empreender algo. Quem vai confiar um investimento em alguém que não demonstra segurança? Qual cliente vai comprar algo de alguém que duvida de si mesmo?

4. Economia

A quarta lei das pessoas de sucesso é o hábito da economia. Em uma tradução mais moderna, podemos dizer que educação financeira é uma das regras essenciais para quem quer obter sucesso.
Embora o dinheiro não seja a única ferramenta para medir o sucesso de uma pessoa, quando estamos falando de negócios e empresas (que era o caso da maioria dos entrevistados de Napoleon Hill), essa é sim a principal medida de sucesso.
O estudo mostrou que os entrevistados sabiam controlar suas finanças e assim tinham sempre dinheiro para investir em oportunidades e para arriscar empreendimentos que, se não dessem certo, também não os iria deixar no meio da rua.

5. Iniciativa e Liderança

Um outro ponto bastante claro na pesquisa foi o de que todos os entrevistados tinham um perfil de líder e não de seguidor. Todos tomaram a iniciativa de assumir o controle de suas próprias vidas, de empreender, de sair da mesmice e levar outros associados juntos no caminho.
Embora algumas pessoas realmente não tenham o perfil de liderança, acreditamos que isso pode ser trabalhado e melhorado. Para levar outras pessoas a trabalharem com você em uma iniciativa própria ou mesmo para convencer outros a comprarem seus serviços e produtos, é preciso demonstrar liderança.

6. Imaginação

Pensar fora da caixa. Essa é a sexta lei do triunfo identificada por Napoleon Hill entre os homens bem-sucedidos que ele entrevistou. Boa parte deles precisou muitas vezes usar a imaginação para pensar em um negócio que não existia, para criar uma solução na qual ninguém pensou antes, para criar coisas novas.
Existe uma série de técnicas para desenvolver a imaginação e a criatividade, mas o ponto principal é você forçar-se a mudar suas rotinas de ações e pensamentos e não ter receio de experimentar coisas novas.

7. Entusiasmo

Aqui chegamos a um ponto muito importante. Muita gente parece ter um desejo de mudar de vida, mas acaba não indo em frente. É como se faltasse o combustível para levar o carro adiante.
Segundo a pesquisa encomendada por Andrew Carnegie, esse combustível que move homens e mulheres rumo a grandes descobertas e empreendimentos é o entusiasmo. Grande parte dos maiores realizadores do mundo eram absolutamente apaixonados por seus objetivos principais definidos, a ponto de isso despertar neles grande entusiasmo para seguir em frente mesmo quando todas as condições pareciam adversas.
O homem geralmente triunfa com mais facilidade num campo de esforços em que se lança de corpo, alma e coração. – Napoleon Hill
Criar entusiasmo em si mesmo – literalmente viver com paixão – é um dos desafios mais intensos e prazerosos que você pode impor a si mesmo. E foi essa a razão da criação domude.nu: despertar nas pessoas o entusiasmo por uma vida mais intensa!

8. Autocontrole

O oitavo ponto bate muito com o quinto: ter autocontrole é, na verdade, ser o líder de si mesmo. É pensar no longo prazo, avaliar as consequências de cada ação, ter a ideia exata de que tudo o que você faz ou o aproxima ou o afasta do seu objetivo principal definido.
Não ser escravo das tentações mundanas ou de estados alterados de consciência – como a embriaguez, por exemplo – é um passo essencial para quem quer estar no comando da própria vida.

9. Hábito de fazer mais do que a obrigação

Segundo Napoleon Hill, existem dois tipos de pessoas que não vão para a frente:
  1. Aquelas que não fazem o que lhes é pedido
  2. Aquelas que só fazem o que lhes é pedido
Se você quer se destacar em sua área de atuação, precisa criar o saudável hábito de andar a milha extra: sempre fazer mais do que lhe pedem, sempre fazer mais do que é obrigado a fazer. Do contrário, você será apenas uma pessoa mediana, igual a tantas outras.

10. Personalidade atraente

Os negócios são resultados diretos de interações humanas. Cultivar uma personalidade atraente é ser uma figura agradável, simpática, bem apresentada. Não estamos falando aqui de padrões de beleza e sim de comportamentos que o tornem uma companhia agradável para os outros.
Existem pessoas que não fazem a menor questão de serem simpáticas. Elas estão no direito delas, porém para quem quer levar sua carreira a patamares mais altos, além de competência, é preciso ser uma companhia no mínimo agradável.

11. Pensar com Exatidão

Ter foco é outra lei essencial para quem quer obter sucesso. Devemos aprender a dirigir os nossos pensamentos somente para os assuntos, fatos e informações que, de alguma forma, nos deixarão mais próximos de nosso objetivo principal definido.
A meta é passar a raciocinar dedutivamente, apenas com base em fatos comprovadamente verdadeiros, que possuam importância real e que sejam úteis de alguma maneira.

12. Concentração

Esse ponto parece ser muito mais difícil hoje em dia do que na época em que a pesquisa foi realizada. Isso porque hoje boa parte da humanidade sofre com distúrbios de déficit de atenção. As novas tecnologias e seus processos multitarefas nos oferecem tantas coisas que cada uma delas recebe apenas uma pequena fração da nossa atenção. O resultado são trabalhos mal-feitos, falta de foco, sensação de excesso de informação e um grande sentimento de frustração.
A saída aqui é treinar a própria mente para pensar com exatidão. Técnicas de meditação e o hábito de lidar com apenas uma coisa de cada vez, com foco total, são úteis para esse tipo de treinamento.

13. Cooperação

Além de se associar com pessoas com a mesma linha de pensamento, os homens de sucesso entendem que a cooperação é o melhor caminho para a realização pessoal e coletiva. Isso inclui ver os concorrentes apenas como outros players do mercado, não como inimigos. Significa ver os funcionários não como escravos, mas como pessoas que estão colaborando para tornar o seu sonho realidade.
A cooperação deve se dar em todos os níveis, pensando não somente no interesse próprio, mas também no bem-estar das pessoas com quem você se relaciona.

14. Fracasso

Como o fracasso pode ser uma das leis do sucesso? É simples: todas as pessoas que atingiram uma grande realização na vida, fracassaram algumas vezes antes. Na verdade, como diria Thomas Edson, aprenderam maneiras de “não inventar a lâmpada”.
O fracasso deve ser visto como um grande aliado. Cada vez que você falha, você descobre uma maneira de não realizar o seu objetivo. Elimina um caminho. Continue fazendo isso até você achar a trilha ideal.
Anthony Robbins em seus treinamentos pergunta: quantas vezes você deixaria o seu filho cair antes de desistir de ensiná-lo a andar? As pessoas respondem com simplicidade: ora, ele vai cair até conseguir andar. E aí está a fórmula mágica do sucesso! Não existe maneira de fracassar, apenas de aprender como não chegar lá.

15. Tolerância

Para lidar com o fracasso, com as limitações de outras pessoas e as suas próprias, com as adversidades que a vida nos impõe, é preciso ter uma boa dose de tolerância e paciência.
Você já deve ter percebido que não existe ninguém no mundo que consiga ter todas as coisas sob controle. Coisa que queremos não acontecem. Coisas que não queremos acontecem. O segredo é nos desapegar de querer controlar tudo e ter tolerância e paciência para ir acertando e errando até chegar onde queremos, seguindo sempre em frente.
A maior recomendação que alguém que está buscando uma melhoria na qualidade de vida pode receber é a de aproveitar toda a jornada, não apenas a realização da meta. O momento em que você realiza o objetivo é muito fugaz perto de todo o caminho que você tem para percorrer até ele.
Se você condicionar sua felicidade somente à realização dos objetivos, estará se condenando a uma vida triste.

16. Fazer aos outros aquilo que quer que seja feito a você mesmo

Conhecida como A Regra de Ouro, essa lei é usada em grande parte das religiões e filosofias de vida já criadas no mundo. Se ela fosse realmente levada a sério, viveríamos um mundo bem melhor.
No momento em que você percebe que somos todos – seres vivos e meio-ambiente – uma única rede interdependente, que a ideia de eu como uma coisa distinta e independente nada mais é do que uma ilusão, aí, meu amigo, temos uma grande oportunidade de nos libertarmos de padrões limitadores. Tratar as outras pessoas como a si mesmo é um passo importante para essa compreensão.