http://www.enotel.com/

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Farras imperdíveis pelo mundo

Estava navegando quando me deparei com esta materia. Achei bem legal... fiquem informados.




Estamos chegando na época do Carnaval, tempo de muita música e alegria.

Mas, em algum lugar do mundo, alguém já está preparando uma boa festa. As desculpas são as mais diversas, mas o resultado é quase sempre o mesmo: comilança, farra, muito barulho e um pecadinho aqui, outro ali. Vale botar a culpa no aniversário da rainha, no fim do inverno, no dia do santo e até em casamento de um príncipe que viveu duzentos anos atrás.

A conclusão é só uma: não importa religião ou nacionalidade, todo mundo gosta é de diversão.

1. Mardi Gras, Nova Orleans


A Terça-feira Gorda que fecha o Carnaval é a celebração de todos os excessos terrenos, antes de entrar na Quaresma cristã. Música, dança, gulodices, pecados da carne, todos ficam malucos antes de ir para o confessionário e ficarem como anjos até a Páscoa. Sei. O Mardi Gras (Terça Gorda, em francês) mais famoso do planeta é o de Nova Orleans, e é sinônimo de Carnaval na cidade. A festa é famosa por suas paradas, bandinhas de jazz e os coloridos colares que voam pelas cabeças de locais e visitantes.

Onde: Nova Orleans, Louisiana, Estados Unidos. Quando: 18/21 de Fevereiro


2. Carnaval de Veneza, Itália


As máscaras de Veneza ganharam um tom ainda mais sinistro quando foram protagonistas de primeira no longa De Olhos Bem Fechados, de Stanley Kubrick. Utilizadas para que as pessoas mantivessem suas identidades em segredo durante votações públicas e julgamentos, tornaram-se o adereço ideal nas festas carnavalescas. Durante as festividades, os mascarados e suas luxuosas vestes dão um colorido especial à cidade, navegando em gôndolas por entre os canais e lotando a Piazza San Marco.

Onde: Veneza, Itália. Quando: 18/21 de Fevereiro


3. Holi, Índia


O Festival das Cores comemora o fim do inverno para os hindus. No principal dia de comemorações água e pós tingidos em tonalidades vivas são atirados uns nos outros como uma celebração à chegada da primavera. Com a entrada da noite, dezenas de fogueiras são acesas. Apesar de sua pouca importância religiosa, o festival é muito popular em toda a Índia.

Onde: Índia e países com grande população hindu. Quando: 8 de Março


4. Songkran, Tailândia


Se você é daqueles que não gosta de farra, ou água, essa não é para você. O ano novo tailandês é uma verdadeira guerra de bombas d’água, com turistas e locais se divertindo em uma das épocas mais quentes do ano. Ninguém escapa e pode ser um pouco constrangedor fugir de garotos com jatos coloridos. Ou seja, cuidado com a sua câmera. Outra face das celebrações são as orações em templos budistas, um curto momento de calma na bagunça que toma conta do país. A cidade de Chiang Mai tem uma das festas mais movimentadas.

Onde: Tailândia. Quando: 13/15 de Abril


5. Koninginnedag, Dia da Rainha da Holanda


Se for medir o entusiasmo das pessoas celebrando seu aniversário, a Rainha Beatrix, da Holanda, deve ser a monarca mais popular do mundo. Dezenas de milhares de pessoas lotam ruas e parques em todo o país, num mar em laranja, a cor nacional do país. Shows, competições diversas, doidos mergulhando nos canais, feirinhas e muita cerveja contagiam o povo. O clima é tão livre e espontâneo que até os antimonarquistas convictos entram no embalo.

Onde: Holanda. Quando: 30 de Abril.


6. Hakata Gion Yamakasa, Japão


Este festival dura duas semanas, mas nada é comparável ao seu estágio final, uma louca corrida pelas ruas de Fukuoka, no sul do Japão. Exatamente às 4h59 do dia 15 de julho bairros rivais carregarão nos ombros, em pequenos intervalos, um carro ricamente adornado pesando uma tonelada. Vence quem fizer o percurso em menos tempo. A excitação toma conta do público, que grita junta com os competidores e joga baldes de água nos participantes, remetendo às origens da procissão, um ritual de purificação xintoísta. O esforço é tanto que muitos carregadores, todos com as nádegas praticamente de fora, terminam o percurso com as vestimentas encharcadas de sangue.

Onde: Fukuoka, Japão. Quando: 1/15 de Julho


7. Sanfermines


As famosas corridas de touros pelas ruas de Pamplona, em Navarra, começaram quase que espontaneamente, ao conduzirem animais dos currais de Santo Domingo até a Praça de Touros. O Encierro tomou suas formas atuais no século 19 e se tornou popular com a promoção feita pelo escritor americano Ernest Hemigway, um entusiasta. As corridas fazem parte das festas em comemoração a São Firmino.

Onde: Pamplona, Navarra, Espanha. Quando: 7 e 14 de Julho


8. Festival Internacional de Edimburgo, Escócia


Por algumas semanas têm-se a impressão de que Edimburgo é a capital mundial da cultura. Não há como não satisfazer o gosto de quem a visita. Performances de rua, teatro, mostras de cinema, dança clássica, contemporânea e internacional, marionetes e exposições são uma pequena mostra do que encontrar por aqui. Os shows de música podem reunir bandas de gaita de foles, percussionistas japoneses ou tocadores de didgeridoo da Austrália. É diversão na certa.

Onde: Edimburgo, Escócia. Quando: 9/Ago-2/Set

9. La Tomatina, Espanha


Um caos. Dezenas de pessoas atirando tomates umas nas outras como loucas. Se você tiver pinta de gringo com certeza levará a pior, pois será alvo preferencial. O que começou como uma guerra de verduras e legumes numa confusão entre jovens, em 1945, hoje é uma atração turística que reúne pessoas de todo o mundo.

Onde: Buñol, Espanha. Quando: última quarta-feira de Agosto


10. Oktoberfest, Alemanha


A festa de outubro começa em setembro. Uma verdadeira ode à cerveja e à alegria, tudo começou com as comemorações do casamento do príncipe Ludwig e a princesa Teresa da Baviera, em 1810. Carrosséis e montanhas-russas são só o pano de fundo para joelhos de porco, salsichões, chucrute e canecões de cerveja servidos nos barracões armados nos 42 hectares de Theresienwiese, em Munique. A tradição deu origem a festas semelhantes, como a de Blumenau, Santa Catarina.

Onde: Munique, Alemanha. Quando: 22/Set a 7/Out

Um comentário:

  1. Adorei!!!!!!!!
    A Oktoberfest em Blumenau é uma festa oficial, sendo que a região foi colonizada por alemães..... :)

    Acho que a minha favorita é a de Edimburgo!!!!! Gosto dessas coisas clássicas!!
    beiJUs
    http://feiffercereja.blogspot.com/

    ResponderExcluir